Publicado em 17/08/2023
Atualizado em 30/10/2023

Notas da SRE: o que muda na regulamentação dos sorteios?

O que você precisa saber sobre a legalização de sorteios para evitar problemas em suas promoções comerciais.

Tempo de leitura: 2 minutos
Fonte: Searsie / Getty Images Signature

Neste artigo você irá aprender que:

  • O prazo mínimo para protocolar pedidos de autorização de sorteios mudaram para, mínimo de 8 dias de antecedência para promoção comercial e 40 dias no caso de rifas para entidades filantrópicas;
  • Os prêmios autorizados para rifas só podem ser oferecidos na forma de bens ou mercadorias;
  • Produtos bancários não serão aceitos como forma de premiação em sorteios de promoções comerciais. 

A Secretaria de Reformas Econômicas (SRE), órgão regulador das campanhas promocionais, divulgou notas referentes às mudanças na regulamentação dos sorteios. Confira as notas abaixo:

Prazo do pedido de autorização

A partir do dia 1° de março de 2023, os pedidos de autorização de promoções comerciais com sorteios deverão ser protocolados com, no mínimo, oito dias de antecedência da data de início da campanha promocional. Já no caso de rifas para entidades filantrópicas, o prazo é de 40 dias. Processos protocolados que não respeitarem o prazo de antecedência serão obrigatoriamente devolvidos, sem análise de conteúdo, para ajuste na data de início da campanha promocional.

Essa nota altera a Portaria Seae/MF n° 41/2008, que determinava que o prazo prévio para o protocolo do processo de autorização era de 40 a 120 dias antes da data do início da promoção.

Campanhas promocionais de entidades filantrópicas

Não será autorizada nova campanha promocional de entidade filantrópica caso essa já tenha outra campanha promocional sob sua responsabilidade em andamento.

Bens intangíveis como premiação de entidades filantrópicas

As premiações de entidades filantrópicas apenas serão aceitas se forem oferecidas exclusivamente na forma de bens ou mercadorias, como, por exemplo, automotores (carro, motos, etc.) e eletrodomésticos (geladeira, fogão, etc.) 

Desta forma, bens intangíveis, como crédito cartão pré-pago, cartão de desconto, voucher para compra, vale compras e entre outros, são vedados como objetos de premiação. 

Cadernetas de Poupanças

Com a nova alteração, Cadernetas de Poupanças não poderão mais ser distribuídas como prêmios em sorteios.

Produtos bancários como premiação

Produtos bancários como Certificado de Depósito Bancário, Recibo de Depósito Cooperativo, Letra de Crédito Imobiliário, debêntures e entre outros, por ora, não serão aceitos como forma de premiação em sorteios. 

Isso ocorre devido à pendência na consolidação do entendimento acerca das características de cada um desses produtos, que dependem de regulação e fiscalização específica e complexa. 

Além disso, devem estar em harmonia com o disposto no §3º do art. 1 da Lei 5.768/1971, que proíbe a distribuição ou a conversão dos prêmios em dinheiro

Em caso de novas alterações, a Santini.global deixará você informado de tudo! Fique de olho em nosso blog, nossas redes sociais e nossa newsletter.

Quer entender melhor como funciona a Plataforma Global de Promoções?

Faça contato e agende uma conversa!

Seja Global!

Ao informar os dados para contato, você entende e concorda que faremos uso de seus dados pessoais para que um de nossos agentes entre em contato. Você poderá se opor a qualquer momento nos termos de nossa Política de Privacidade.

sorteios ilegais

Identificou uma promoção de sorteio atuando fora da legalidade? Aprenda agora como denunciar promoções e

Leia mais »

Fique por dentro das novidades!

Receba quinzenalmente o nosso melhor conteúdo diretamente no seu e-mail e esteja sempre atualizado sobre o mundo das Promoções Comerciais com Sorteios.